Livro de capa dura

Embaixada dos EUA reafirma que é possível antecipar agendamento; leia nota.


Os consulados americanos no Brasil aos poucos vão retornando seu ritmo de trabalho e a partir de 8 de novembro passarão a processar vistos e pedidos de renovação normalmente - hoje só pedidos de exceção e casos especiais estão sendo atendidos.


As autoridades americanas dizem que o começo será lento, com capacidade menor e ainda dúvidas em relação à velocidade do fluxo, mas que farão o máximo esforço para acelerar o processamento e assim abrir mais vagas de agendamento ainda este ano. O gerenciamento dos agendamentos é dinâmico e as autoridades podem alocar mais vagas para um determinado tipo de visto, dependendo do movimento geral.


Quem já tem agendamento, mas para uma data muito distante ou que não seja compatível com seus planos de viagem pode antecipar essa agenda se houve disponibilidade no sistema, devido à essa evolução dinâmica das vagas. Os consulados recomendam que os viajantes olhem o site constantemente, para checar a abertura de novas vagas, e que só comprem os bilhetes depois que o processo do visto estiver encaminhado.


LEIA NOTA OFICIAL DA EMBAIXADA AMERICANA


"A Embaixada e Consulados dos Estados Unidos no Brasil vão retomar, a partir de 8 de novembro de 2021, as emissões de todos os tipos de vistos, conforme anunciado hoje pelo porta-voz da Embaixada dos EUA, Tobias Bradford, em coletiva de imprensa realizada em Brasília. “Trazemos boas notícias para nossos amigos brasileiros e entendemos a importância das viagens entre o Brasil e os EUA. Os brasileiros podem saber que todas as equipes consulares da Embaixada e Consulados vão fazer o máximo para disponibilizar mais vagas para entrevistas,” afirmou Bradford.


De acordo com o porta-voz e o chefe da seção consular, Antonio Agnone, um número significativo de vagas para entrevistas, incluindo datas para este ano, já foram disponibilizadas. As entrevistas já marcadas poderão ser reagendadas para uma data mais próxima de acordo com a disponibilidade. A Embaixada e Consulados recomendam que os solicitantes de visto chequem regularmente o site de agendamento para novos horários. Informamos, também, que vistos de estudantes estão sendo emitidos desde maio deste ano e continuam a ser prioridade para agendamento.


A política anunciada ontem (25) pelo governo Biden, vigente a partir de 8 de novembro, define que os viajantes completamente imunizados deverão apresentar, antes do embarque, o comprovante de vacinação - incluindo o nome, a data de nascimento, o produto vacinado e as datas da administração de todas as doses - e um teste PCR ou antígeno negativo feito até três dias antes do embarque. Serão aceitas todas as vacinas aprovadas integralmente e para uso emergencial pelo FDA e Organização Mundial da Saúde (OMS), incluindo o mix de vacinas. A dose final deve ser administrada ao menos duas semanas antes do embarque para os EUA.


Crianças e adolescentes de até 17 anos não precisam apresentar o comprovante de vacinação, mas devem ter um teste negativo realizado no mesmo período dos adultos que os acompanham. Este novo sistema de viagens substitui as restrições existentes para o Brasil e outros países, implementando uma abordagem consistente em todo o mundo.


Confira a lista completa das vacinas no site da OMS (todas as vacinas aplicadas no Brasil são aprovadas pela OMS): https://extranet.who.int/pqweb/vaccines/covid-19-vaccines


Para mais informações, acesse: https://br.usembassy.gov/pt/visas-pt/vistos-de-nao-imigrantes/


Fonte Original: Panrotas - 27/10/2021 09:51 | Artur Luiz Andrade

0 visualização0 comentário