Livro de capa dura

Flórida e Miami lideram visitas de estrangeiros nos EUA em 2021.

Miami recebeu 2.759.000 visitantes em 2021, representando 67% dos visitantes da Flórida.

O Escritório Nacional de Viagens e Turismo da Administração de Comércio Internacional dos Estados Unidos (NTTO) anunciou hoje (20) o lançamento das estatísticas de visitação do exterior em 2021 para Estados e cidades dos EUA.


O Estado mais visitado por estrangeiros em 2021 foi a Flórida, com mais de quatro milhões de visitantes, e a cidade que liderou foi Miami com 2.759.000 visitantes (67% dos visitantes da Flórida como um todo).


Essas estatísticas abrangem visitas no exterior a 45 Estados e territórios dos EUA e 91 cidades-regiões metropolitanas do país para os anos de 2021 e 2020. Os dados incluem volume de visitantes, participação de mercado e alteração de volume para cada território relatado. Os destaques de 2021 incluem:


ESTADOS MAIS VISITADOS DOS EUA POR ESTRANGEIROS EM 2021


1. Flórida: 4.092.000 visitantes;

2. Nova York: 2.099.000 visitantes;

3. Califórnia: 1.113.000 visitantes;

4. Texas: 621.000 visitantes;

5. Nova Jersey: 490.000 visitantes.


A participação de mercado dos cinco principais Estados foi de 91,7% dos visitantes estrangeiros em 2021.


CIDADES MAIS VISITADAS DOS EUA POR ESTRANGEIROS EM 2021


1. Miami: 2.759.000 visitantes;

2. Nova York: 2.032.000 visitantes;

3. Orlando: 1.223.000 visitantes;

4. Los Angeles: 708.000 visitantes;

5. Fort Lauderdale: 506.000 visitantes.


MAIOR GANHO DE VISITANTES ESTRANGEIROS COMPARADO A 2020


1. Flórida: +1.793.000 visitantes;

2. Nova York: +461.000 visitantes;

3. Nova Jersey: +264.000 visitantes;

4. Texas: +202.000 visitantes;

5. Pensilvânia: + 110.000 visitantes.


MAIOR DECLÍNIO DE VISITANTES ESTRANGEIROS COMPARADO A 2020


1. Havaí: -503.000 visitantes;

2. Califórnia: -222.000 visitantes;

3. Nevada: -91.000 visitantes;

4. Arizona: -39.000 visitantes;

5. Louisiana: -10.000 visitantes.


Fonte Original: Panrotas - 20/07/2022 17:02 | Victor Fernandes

0 visualização0 comentário