Livro de capa dura

São Paulo terá voos diretos para Bariloche na temporada de inverno.

Aerolíneas Argentinas anunciou que irá ofertas quatro voos diretos semanais na rota São Paulo - Bariloche.

Devido à suspensão de restrições de viagens e o avanço da imunização na Argentina, Bariloche se prepara para a próxima temporada de inverno com expectativa de receber turistas brasileiros. O Brasil lidera o ranking de países emissores de viajantes para a Argentina desde a reabertura das fronteiras, cerca de 29%. Além disso, o destino recebeu, aproximadamente, 60 mil brasileiros na alta temporada de inverno na pré-pandemia.


Em evento realizado no consulado argentino em São Paulo, na manhã desta quinta-feira (10), a Aerolíneas Argentinas anunciou que irá ofertar quatro voos diretos semanais na rota São Paulo-Bariloche. Segundo o diretor-executivo da Emprotur, Diego Piquin, as operações terão início entre a primeira semana de julho e o mês de setembro. Além disso, o Governo de Bariloche está em negociação com as empresas aéreas para tentar parcerias, como a Azul, Gol, Latam e Flybondi.


A cidade de Bariloche também oferece conectividade aérea por meio dos aeroportos de Buenos Aires, Ezeiza e Aeroparque, que se conectam com as principais cidades brasileiras.


Ainda durante o evento, foram apresentados vídeos promocionais do destino, destacando os esportes de neve. “Abrimos novos canais, com um novo site e novas contas nas redes sociais focadas no público brasileiro. Nós nos mantivemos ativos para motivar turistas a nos visitar. Hoje, Bariloche é altamente competitiva em preços, oferece novos e tradicionais produtos todos os anos, e já estamos preparados para este inverno”, destacou Piquin.


O diretor-executivo frisou que o principal centro de esqui da Argentina, o Cerro Catedral, irá apresentar infraestrutura para públicos de todas as idades e níveis de habilidades no esqui, desde iniciantes até atletas com skills avançados. A parte superior da montanha terá um novo meio de elevação com teleférico quádruplo, novas pistas e a ampliação de um sistema de fabricação de neve. Isso permitirá aumentar em 25% a superfície esquiável.


Já em relação à estrutura do destino e protocolos de saúde, o secretário local de Turismo, Gastón Burlón, disse que Bariloche é modelo na Argentina no quesito de aplicação de políticas de cuidados sanitários. “O destino foi o primeiro, na retomada, a receber turistas da Argentina e está entre os líderes nos programas de prevenção em serviços turísticos. Este inverno significará o retorno dos viajantes do Brasil, que encontrarão uma cidade em ampla expansão em sua infraestrutura urbana e recuperando sua conectividade aérea”, finaliza Burlón.


Fonte Original - Panrotas - 10/03/2022 15:08 | Nathalia Ribeiro

0 visualização0 comentário